31 maio 2013

D.O.T.A. (Daily Original Track Awesome) - Breath of Fire - Boss Theme

Olá amigos!
A série Breath of Fire apresenta músicas muito boas, embora nem sempre elas sejam lembradas nas conversas sobre trilhas sonoras de RPGs. O tema de hoje, o Boss Theme do primeiro Breath of Fire é bem tenso e reflete muito a agonia de ver o chefe de pé mesmo com o HP esgotado.
Confiram!!

See you next level!!

Read more...

30 maio 2013

[Rapid Fire] Golden Sun "The Elemental Stars" (Violin and Piano)



Read more...

[Rapid Fire] Adventure - Fez Guitar Cover



Read more...

29 maio 2013

D.O.T.A. (Daily Original Track Awesome) - Zombies Ate My Neighbors - Pyramid of Fear

Olá pessoas!
Hoje nosso pequeno tema é de Zombies Ate My Neighbors (chamado de "Zumbis até meus vizinhos" na nossa antiga locadora). O tema "Pyramid of Fear" toca em vários cenários, principalmente nas fases de pirâmide. O jogo em si é divertido e bem difícil, mas tem um dos finais que mais me desapontou nos jogos 16-bit, apesar da tela de créditos ser bem maneirinha.

See you next level!!

Read more...

26 maio 2013

[Rapid Fire] Pollyanna (Mother/Super Smash Bros Brawl) Cover feat. 8BitBrigadier



Read more...

24 maio 2013

D.O.T.A. (Daily Original Track Awesome) - Contra 4 - Stage 1 (Hard Mode)

Olá pessoas!!
Retornando à cidade e aos meus posts aqui no blog, vamos ouvir hoje o fodástico tema Stage 1 de Contra 4 no nível HARD (como se o jogo já não fosse difícil), que é uma versão incrível do tema clássico da primeira fase do Contra do NES (que difere em alguns aspectos da versão arcade do primeiro jogo).
A primeira coisa que vem à cabeça ao ouvir essa faixa é SHIT GOT SERIOUS!

See you next level!!

Read more...

[Rapid Fire] A-Bit of Daft Punk



Read more...

23 maio 2013

[Rapid Fire] Sonic Adventure 2 Rock Medley ft. Swiggles1987



Read more...

19 maio 2013

[Rapid Fire] Original N.E.S. "Metroid" Cover by Project Megaman



Read more...

14 maio 2013

[Rapid Fire] Dragon Rock Valley Ft. FamilyJules7x and Helenna1991 - Zelda Mashup



Read more...

11 maio 2013

[Rapid Fire] Raining Doom (Doom Meets Metal/Jeff Hanneman Tribute)



Read more...

09 maio 2013

[Sebo do Wes] – Bioshock Infinite Digital Soundtrack




Cara ou coroa? Cara...ou coroa? Não, não estamos em um cenário do Duas-Caras, hahahahaha. Bem vindos ao Sebo do Wes.

Seguramente, afirmo que a franquia Bioshock foi uma surpresa enorme no ramo de FPS para mim, pois diferente de grande parte, evito jogar FPS “pé no chão”, onde o jogo é mais fiel à vida real, como Call of Duty, Battlefield e outros. Sempre preferi os FPS com elementos desconhecidos, como Half Life 2, e nesse quesito a franquia não decepcionou. E como toda franquia boa tem sua continuação, trago hoje para os senhores (e senhoritas. Há senhoritas que lêem meus textos?!) o álbum formidável Bioshock Infinite Digital Soundtrack, do mais formidável ainda Garry Schyman

Veja a playlist, antes que Comstock a veja antes:

01. Introduction
02. Welcome to Columbia
03. Will The Circle Be Unbroken – choral version
04. Lighter Than Air
05. Lutece
06. The Battle For Columbia I
07. The Girl In The Tower
08. Elizabeth
09. The Songbird
10. Rory O’More/Saddle The Pony
11. The Battle For Columbia II
12. The Readiness Is All
13. Lions Walk With Lions
14. Will The Circle Be Unbroken
15. Unintended Consequences
16. The Battle For Columbia III
17. Family Reunion
18. Solace
19. The Battle For Columbia IV
20. The Battle For Columbia V
21. Let Go
22. Doors
23. The Girl For The Debt
24. Back In The Boat
25. AD
26. Smothered
27. Baptism
28. Will The Circle Be Unbroken – full version


É certo que uma ótima introdução ao universo que você vai interagir é o ponto chave de um começo de jogo, tanto é que o primeiro Bioshock fez isso de maneira estupenda com “Welcome to Rapture”. Porem ao contrario dessa, a “Welcome to Columbia” seguiu uma linha diferente, pois começa com um frenesi de violinos e violoncelos, e depois bate a calmaria instantânea, de um piano simples e bem lento, causando um ar angelical no contexto do jogo, e é algo bem justo, já que a cidade flutuante de Columbia tem toda uma ideologia de ser uma espécie de “Novo Eden”. Algo que também lembra coisas angelicais é “The Girl in The Tower”, pois mesmo ela sendo curtinha, ela representa bem o que seria algo “acima de nós”, algo intocável, algo “divino”, principalmente por conta do violino melancólico, algo que me remeteu facilmente a certas musicas de Koh Otani, em Shadow of the Collossus. E não se enganem, o álbum começa “tranquilo”, mas chega “The Songbird” para mostrar que a vida não é calma e monótona. Para começar, musicas que começam com TUM-TUM TUM-TUM TUM-TUM sempre são tensas, e atrelada ao violino frenético (marca registrada do Schyman) tornam a tensão mais crível. E aí vem o clímax, onde a musica de tensão se torna musica de perseguição. É difícil explicar a magnanimidade da musica sem mostrar onde ela se encaixa. Logo abaixo há a parte onde ela é tocada, fique avisado de leve SPOILER: 




Algo que comentei no Twitter é que nesta musica há mais musicas de combates do que no jogo predecessor (eu falo do primeiro, eu desconsidero o segundo Bioshock), e provável que isso se deve ao fato de batalhas ocorrerem com frequência, e sempre se inicia e acaba musicas durante elas. A “The Battle for Columbia I” é um ótimo começo e mostra que o compositor melhorou bastante no quesito de musicas de batalhas, pois  além do frenesi típico dos violinos, há certos sons como batidas de aço com aço e variantes que tornam a faixa mais frenética. Usos destes tipos de sons orgânicos são bem usados na franquia Silent Hill, porem de uma maneira cadenciada, incitando mais à tensão do que a ação. Musicas com repetições dos mesmos trechos também funcionam para estimular a ação, e a “The Battle for Columbia IV” é bem isso, pois ela começa com a mesma sequencia de notas, e ela se delonga durante a musica de modo bem sombrio. Não tem pontos altos, mas não tem pontos baixos. Típica musica infinita de batalha. E reparem que todas as musicas de batalha acabam com um violino rápido, que é algo que gostei bastante. 

Ninguém gosta de depressão, porem Garry Schyman é mestre nesse tipo de coisa, e na franquia isso se encaixa como uma luva.  Lá em cima citei uma faixa que me lembra trilhas do Shadow of the Collossus, e a “Unintended Consequences” é outra que me reflete bem a estas faixas, bem curtas, mas levemente depressivas graças aos instrumentos. Porem ela em especial me causa certa depressão, mas também certa motivação. Vai entender, não é? E possivelmente a musica mais triste, tanto peloa sonoridade dela, quanto pelo momento que ela retrata (que não vou revelar pois é o final do jogo) é “Baptism”. Ela se inicia com um tom bem médio e sombrio, e no meio da musica ela despenca com um piano muito fúnebre e triste. Muito triste mesmo. Não é uma musica que dê para se ouvir a esmo ou usar em obras orquestradas, mas devido ao seu momento, seja uma das mais importantes das faixas musicais do jogo. Acho que o Schyman e outros autores como Akira Yamaoka sofrem disso, de ter musicas excelentes de ambientação, mas não há tantas faixas boas para se ouvir sozinhas.

Vamos às menções honrosas desse álbum formidável. “Lutece” com seu acordeon formidável aparecendo em toda a musica e tornando-se tema dessa dupla formidável de irmãos. “Doors”, que eu adicionei pelo incrível fator nostálgico, e por lembrar muito trilhas do primeiro Bioshock, e esse fator tem uma explicação. Mas é SPOILER, então irei me abster. E a ultima musica, “Will The Circle Be Unbroken – full version” onde temos os atores Courtnee Draper (Elizabeth) e Troy Baker (Booker DeWitt) interpretando esta musica. Eu gostei bastante, pois além da musica ser bonita, a Courtnee tem uma linda voz, o que torna ela bem agradável de ouvir. Porem eu prefiro uma versão que é tocada nos créditos do jogo, onde tanto ambos os atores quanto o diretor criativo Ken Levine aparecem em estúdio. Podiam ter incluído o backing vocal do Troy Baker na versão do álbum, ficaria mais maneira, assim como ficou no vídeo abaixo. Não é spoiler, assistam sem medo:




Fonte: VGMDB

Read more...

[Rapid Fire] Gerudo Valley on Acoustic Guitar by GuitarGamer (Fabio Lima) feat Marcos Castro



Read more...

06 maio 2013

D.O.T.A. (Daily Original Track Awesome) - Final Fantasy IV - Theme of Love

E aí, pessoal!
O tema que vamos conferir hoje é o famosíssimo Theme of Love de Final Fantasy IV, um dos melhores jogos da franquia! O tema é inclusive usado em escolas de música no Japão, assim como acontece com a Eight Melodies, da série Mother.
OuVÃO!

See you next level!!

Read more...

01 maio 2013

[Rapid Fire] Superman - HatTrax, Dennis Zhu, and MaximumHamburgers



Read more...