19 julho 2012

[Sebo do Wes] Shoot Many Robots




Bem vindos ao Sebo do Wes. E não sei como estão suas provisões de emergência, mas sugiro repor urgentemente o estoque de balas e cerveja.

É certo de que sempre criamos expectativas na hora de esperarmos um jogo, porem eu tive algo não tão comum assim. Já havia jogado o jogo, porem estava na expectativa de liberarem a trilha sonora para apreciação, coisa que dificilmente acontece na mesma data de lançamento do jogo. Porem a Demiurge Studios disponibilizou há pouco tempo, para venda e apreciação dos jogadores a trilha sonora de Shoot Many Robots, composta pelo grupo Disasterpeace. Pensem num dono de sebo feliz.

Antes de sair por aí atirando em robôs, fiquem com a playlist:

01. Shoot Many Robots
02. Cliffs 'n Mines 'n Such
03. Get the Hell Off My Land
04. Rockets
05. Fact'ries 'n Foundries
06. Propane Octane Butane
07. Robot Infestation Blues
08. Runaway Chainsaw
09. Hey There, RV!
10. AM Blues
11. Robot Sins
12. Meanwhile, on the Farm
13. Walter P Thinkin'
14. Count Your Nuts
15. Boil 'n Toil in Oil
16. An Evil Robot Blimp Stole My Truck


Na primeira musica, a “Shoot Many Robots” já mostra o estilo musical que vai perdurar no jogo inteiro, um Blues contando com uma pegada mais Rock, abusando de guitarras, quiçá um country aqui e acolá. E mesmo que a musica seja até simples e curta, já mostra a essência do jogo. Aliàs a “AM Blues” é outra que pega bem o que a trilha irá proporcionar, com um Blues guiado por um violão, depois emendado pela guitarra. Não sou um expert em Blues, mas é notável o quanto ela remete às musicas clássicas do estilo. Achei formidável terem resgatado essa raiz lá do passado. Raiz também presente na “Get the Hell Off My Land”, com um ritmo mais sombrio, pausado, mas bacana de ouvir. Pode inclusive ser inclusa no quesito “musica de fim de mundo”.

O jogo tem uma característica importante, alem da matança de robôs: a quantidade de ondas de inimigos (as famosas “waves”). E todas as vezes que as ondas de inimigos aparecem, a musica muda para um ritmo mais frenético, caindo como uma luva no senso de urgência em matar tantos inimigos. E a meu ver, a “Cliffs 'n Mines 'n Such” é a melhor nesse quesito (e minha musica favorita do álbum), pois começa com instrumentos mais simples, então outros como a bateria são inclusos, e a musica vai crescendo, até que no minuto 03:35 ela se impõe em solos extremamente incríveis, aumentando o ritmo da musica até o fim dela. Ouvir essa parte no jogo é até motivador para continuar vindo mais e mais ondas de inimigos (ou gritar “COME AT ME, BRO!!!”). A “Fact'ries 'n Foundries” também tem o mesmo padrão, porem o “crescimento” dela é diferente, pois ela vai tendo a adição de instrumentos no decorrer, porem as mudanças são menos agressivas como a citada acima. A mudança de ritmo mais abrupta (porem boa) acontece em 02:54, quando há mais rock do que o habitual na musica.

A “Boil 'n Toil in Oil” tambem segue o padrão citado no parágrafo acima, porem eu preferi deixar ela para depois, graças a uma peculiaridade dela. Ela segue uma linha Blues bacana, porem há um banjo e outro instrumento ao fundo que ficam dando toques repetidos, mas que remeteu à apenas uma coisa: sensação de estar em um inferno. Procurem musicas do David Wise ou de outros compositores que fizeram musicas para estágios com lava ou similares, todos tem uma batida similar ao fundo que aumentam a imersão. Isso me deixou realmente fascinado, principalmente pela musica tocar dentro de fábricas, cheio de metal derretido e bem escuro (propicio para a musica se fazer valer).  E então no minuto 04:00 a musica aumenta de ritmo, porem ainda há a batida ao fundo, mantendo a imersão do jogador, te causando mais e mais angustia (experiência própria), aliada a uma bateria firme, não to complexa mas necessária.

No álbum também há inúmeras faixas bem curtinhas, mas que são bacanas de se ouvir. “Rockets” é um rock bacana, com solos tão bem executados que até é uma pena da musica ter apenas um minuto. A “Meanwhile, on the Farm” traz um clima bem mais country, aliada ao violão e à gaita sempre presente para guiar a musica. E como o nome da musica sugere, ela remete sensações de calmaria e marasmo com muita facilidade, típico de fazendas americanas. Remeter sensações é algo que a “Walter P Thinkin'” também causa bem. Sabem aquelas musicas de intervalos entre uma fase e outra, ou mostrando alguma cena do jogo? Ela faz esse papel muito bem, mesmo não sendo usado para esse fim no jogo (se não me engano). É algo parecido com aquela famosa musica do Battletoads and Double Dragon, a “Next Level”. 

Fechando esse pequeno texto, cito a “An Evil Robot Blimp Stole My Truck”, pois encerrar um álbum formidável com um Blues bem executado dispensa maiores comentários.  E não sei se notaram, mas os links das musicas são mandados para o site da trilha sonora do jogo, onde você pode ouvir todo o álbum e pode comprar o mesmo. Maiores detalhes cliquem aqui para o álbum do jogo e cliquem aqui para comprar o jogo Shoot Many Robots no Steam. Aproveitem a promoção.
Adendo: alias, aproveitem e vejam o vídeo feito pela equipe do Level+ (que agora difunde as opiniões do pessoal da Friday Crap), comigo incluso na bagunça aqui.  

Fonte: VGMDB

1 comentários:

Zabuzeta,  19 de julho de 2012 18:38  

<<3 trilha divertida, bem na pegada que o visual trabalha, é inoxidável as OST's :D