08 março 2012

[Sebo do Wes] Super Metroid - Sound in Action




Então senhorita, como seus ossos não quebram se você se tornou uma bola?! Isso não me importa, pois estamos no Sebo do Wes e não em Zebes.

Um fato engraçado é que eu, o dono do sebo, não joguei alguns jogos na sua devida época, tendo que recorrer aos emuladores. Super Metroid é um exemplo disso. E como senti falta de citar essa trilha fantástica, procurei um álbum a respeito e achei algo melhor: achei o Super Metroid – Sound in Action, que alem de conter a trilha do Super Metroid, tem a trilha do Metroid para NES. Que achado.

Vejam a playlist:


01. Theme of SUPER METROID (Arrange Version)
02. Crateria - Space Pirates Appear (Arrange Version)
03. Space Warrior - Samus Aran's Theme (Arrange Version)
04. SUPER METROID Ending (Arrange Version)
05. METROID Ending (Arrange Version)
06. Title
07. Appearance Fanfare~Brinstar
08. Norfair Area
09. Ridley's Chamber
10. Kraid's Chamber
11. Tourian
12. Zebetite
13. Escape
14. Ending
15. Opening (Destroyed Science Academy Research Station)
16. Theme of SUPER METROID
17. Planet Zebes - Crateria Arrival
18. Crateria - Space Pirates Appear
19. Brinstar - Plant Overgrowth Area
20. Brinstar - Red Soil Wetland Area
21. Norfair - Scorching Lava Area
22. Space Warrior - Samus Aran's Theme
23. Wrecked Ship
24. Maridia - Rocky Underground Water Area
25. Maridia - Quicksand Underground Water Area
26. Norfair - Ancient Ruins Area
27. Small Boss Confrontation BGM (Spore-Spawn, Botwoon)
28. Big Boss Confrontation BGM (Ridley, Draigon)
29. Big Boss Confrontation BGM (Kraid, Crocomire, Phantoon)
30. Samus Aran Appearance Fanfare
31. Item Acquisition Fanfare
32. Samus Aran's Last Cry
33. Mysterious Statue Chamber
34. Tourian
35. Mother Brain
36. Escape
37. Planet Zebes Explosion
38. Ending

Engraçado que sou um fã incondicional de chiptunes, e a “Appearance Fanfare~Brinstar” do Metroid é muito gostosa de ouvir, pois mesmo limitado ela causa aquela sensação de aventura, de “vá em frente, explore tudo” que os jogos tendem a propor, mas que poucos são bem sucedidos em motivar o jogador. Com o mesmo intento, mas de um jogo diferente, a “Space Warrior - Samus Aran's Theme” motiva de maneira épica, pois ela cresce de maneira estrondosa, principalmente nos 0.53 da musica. Provável que seja uma das musicas mais memoráveis do Super Metroid (clássico do Super Nintendo, para os desavisados).

Farei um comparativo positivo entre duas musicas agora. A “Title”, musica do NES começa bem tensa, para depois ter um ligeiro tom de “a aventura te aguarda”, de um jeito não enjoativo. Isso é bem comum, agilizar ou diminuir o ritmo de uma musica, ou adicionar uma ou outra pegada, de modo que não fique ruim (“Scars of Time” de Chrono Cross fez isso de uma maneira emocionalmente excelente). Em contrapartida, a “Opening (Destroyed Science Academy Research Station)” começa com uma espécie de contagem que aumenta o suspense e descamba para a tensão, num toque que remete a musica acima. Mas não se enganem, pois ela é excelente do mesmo modo. Para um jogo onde a ambientação se faz presente, isso é importante. E falando em ambientação, a “Brinstar - Plant Overgrowth Area” DEVE ser mencionada, pois em matéria de ambientação ela ganha muitos pontos. Ela tem uns tons que remetem facilmente à selva e vegetação em geral, lugar que encaixou como uma luva para Brinstar, local extremamente pantanoso. Ponto para os compositores desse clássico do SNES Kenji Yamamoto, em conjunto da Minako Hamano.

Como ambos os jogos dão um clima de tensão incomodo, é normal haverem musicas que causam isso na gente. Primeiro, cito a “Ridley's Chamber”, pois primeiro que se não citar o Ridley serei massacrado nos comentários. E segundo que esse tipo de musica é a que eu classifico como musica “ o que irá acontecer”, que é muito necessária. Esse estilo de musica foi bem aplicada na “Small Boss Confrontation BGM (Spore-Spawn, Botwoon)”, em um clima de tensão agonizante, principalmente com o piano constante e até irritante. POREM ela nos leva para uma das minhas musicas de chefe favorita dessa geração, a “Big Boss Confrontation BGM (Ridley, Draigon)”. A falta de um ritmo constante, atrelada à rapidez e Constancia da musica deixa ela com um senso de urgência, aliada à sensação de “preciso matar esse bicho” que dentro do jogo funciona bem. Aliás, recomendo fortemente o Remix que o pessoal da 8 Bit Instrumental fez dessa musica. Não achei um link de boa qualidade, apenas uma apresentação ao vivo na Campus Party de 2012. Ouçam aí a Metroid – Boss.

Infelizmente não falarei de mais musicas, para não deixar o texto maçante, e também pelo álbum ter bastante musicas. Creio que vale dar uma ouvida, principalmente pelos arranjos feito nas primeiras faixas. Para os fãs é um álbum a ser ouvido, e para quem não conhece recomendo que ouçam depressa.



Fontes: VGMDB e Metroid Wikia.

2 comentários:

Marcos 9 de março de 2012 10:17  

Aaaaaahhh!!! Eu gosto pra caramba desse album aí. Tirando o detalhe de que algumas das faixas do Metroid estão com sons de fundo do jogo, as músicas são muito boas, principalmente os arrangements.

McSundaeGuy,  9 de março de 2012 14:55  

Acho que -fora o podcast- essa é minha coluna favorita do site desde que comecei a visitá-lo diariamente, é um grandioso trabalho. =)

Quando a "title", não pude deixar de notar semelhança com outra trilha que gosto muito -principalmente nos 0:40 minuto, onde me lembra a própria abertura do "EarthBound"- e que teve participação do Hirokazu Tanaka que, por sua vez, teve input no primeiro metroid... é, talvez seja um "streching" mas vou ficar com essa semelhança mesmo. Haha

Todas as faixas de tensão me remetem a música tema do clássico de terror "Halloween" PRINCIPALMENTE a "Mid Boss Confrontation BGM (Spore Spawn, Botwoon)" onde eu só faltei olhar pros lados em busca de mascarados com facas. o-o

Além, é claro, da ambientação magnífica da trilha. coerente com todo o ecossistema do planeta zebes: vegetação, lava, cavernas submarinas. ^^

Mano, se o SNES não tivesse tantas outras trilhas marcantes essa seria minha favorita. =D