04 agosto 2011

[Sebo do Wes] Bioshock Orchestral Score


Meu nome é Wesley Pires, e você poderia amavelmente visitar meu Sebo?

Bem vindos, caros clientes. Como dito na postagem anterior do Sebo, esta indicação de álbum também seria de um compositor ocidental, e conhecido pelos gamers, claro. E antes de jogar compulsivamente o jogo, já ouvi adendos sobre a trilha no finado Now Loading, que ou mencionava o jogo ou incluía as musicas em suas trilhas. Hoje o sebo apresenta ao publico o fantástico álbum Bioshock Orchestral Score.


Hackeie a máquina de musicas e veja a playlist:

01. Bioshock Main Theme (The Ocean on His Shoulders)

02. Welcome to Rapture

03. Dr. Steinman

04. The Docks

05. The Dash

06. Step Into My Gardens

07. Dancers on a String

08. Cohen's Masterpiece

09. The Engine City

10. Empty Houses

11. This Is Where They Sleep

12. All Spliced Up


Depois de ter feito texto sobre a trilha de Half Life 2, andei reparando que as musicas de FPS (First Person Shooter) são comumente curtas, e nesse álbum isso é associado ao fato de ter poucas composições. Contudo, isso não desmerece em nada as composições de Garry Schyman, compositor que conheci há pouco tempo, tanto pelo Bioshock quanto no Dante’s Inferno. O álbum todo tem inúmeras surpresas em se tratando de musicas, e a “Bioshock Main Theme (The Ocean on His Shoulders)” já mostra isso, pois apesar dela começar com um violino amedrontador, ela se torna calma, melancólica porem linda, com o violino e violoncelo continuando a musica, e ela se encerra amedrontadora novamente. Um tema principal formidável merece inúmeras palmas.

Contando um pouco da história inicial de Bioshock, você (o protagonista) sobrevive de um acidente de avião e se vê a um farol no meio do oceano, e lá há uma espécie de submarino que o guia para baixo do mar, e aparece Andrew Ryan. E enquanto Ryan conta dos seus ideais e Rapture vai aparecendo na visão do jogador, a “Welcome to Rapture” toca majestosamente, com seu violino muito imponente, com mudanças de ritmos nada desagradáveis. Uma cena inicial, acompanhada de uma musica imponente, aliado a um texto a ser lembrado para sempre. Mais palmas.

É rotina (ou apenas um costume saudável) citarmos musicas como “ah, isso é musica de batalha” ou “cairia bem numa cena de amor”, e a “Dr. Steinman” é praticamente a musica de emboscada perfeita, somada com seu suspense inicial e o frenesi do meio. Pena ela ser curta, mas cumpre bem seu papel dentro do contexto do jogo. Aliada à essa, a “All Spliced Up” cairia bem como musica de perseguição, já que os instrumentos se alteram freqüentemente (até assusta um pouco a rapidez dessa mudança) , mas o ritmo permanece o mesmo, tenso. Se bem que andar em uma cidade utópica que se corrompeu não é lá um passeio no parque...

Como ultimas citações, recomendo a “Empty Houses”, que se assemelha bastante à primeira faixa (na minha opinião), mas é uma musica triste que eu gosto de ouvir. Ela figura sempre em momentos oportunos no jogo, mas que irei me abster de contar, pois são spoilers fortes. E também indico a “Cohen's Masterpiece”, pois mesmo com a soberania dos instrumentos como violino no album, o piano aparece sozinho, porem imponente.


Fonte: VGMDB

4 comentários:

orii 4 de agosto de 2011 01:31  

Fala de Andrew Ryan eu lembro do tio DVD gravando áudio pra um podcast que nunca teve sobre o bioshock HEUHEUHEUHEHEUE.
Eu achei a "Empty Houses" a mais gostosa de ouvir, dá um sono gostoso, e dá pra viajar bonito. A primeira música dá um medinho, e a Dr Steinman é bem o estilo de emboscadas de filmes antigos.
Curti muito o seu texto, teve muita coerência e teve até uns detalhes que eu não tinha percebido, mandou muito bem o/
=**

Alexei Barros 4 de agosto de 2011 02:05  

Bela escolha. Tinha escutado anos antes de jogar o BioShock, coisa que só veio a acontecer neste ano mesmo. O álbum foi liberado para download gratuitamente à época, coisa rara.

Talvez possa estar falando uma grande bobagem, mas acho que a trilha do Garry Schyman foi pioneira ao trazer o estilo modernista para os jogos, uma vertente que foi seguida pelo Jason Graves em Dead Space, por exemplo.

Você citou todas as minhas preferidas, a saber: “Bioshock Main Theme (The Ocean on His Shoulders)”, “Welcome to Rapture”, “Dr. Steinman” e a fabulosa “Cohen's Masterpiece”.

Em maio aconteceu um concerto com músicas do Schyman. Nunca consegui encontrar vídeos da apresentação. Do primeiro BioShock foram tocadas “Dancers On A String” e “Cohen’s Masterpiece”.
http://hadouken.wordpress.com/2011/04/15/garry-schyman-ganha-concerto-com-dante%e2%80%99s-inferno-e-serie-bioshock/

Se me permite links de performances ao vivo:

“BioShock Main Theme (The Ocean on His Shoulders)” e “Welcome to Rapture” – VGL
http://www.youtube.com/watch?v=_fQM5rtdhwI&fmt=18

“Cohen’s Masterpiece” - VGL
http://www.youtube.com/watch?v=XEmO4YDjy4I&fmt=18

“Welcome to Rapture” – Games in Concert 3
http://www.youtube.com/watch?v=-TQfk8Pul24&fmt=18

“Cohen’s Masterpiece” – Música Museu, uma apresentação brasileira com performance do pianista Marcos Leite:
http://www.youtube.com/watch?v=cUxWZTh9pVg&fmt=18

Senhor B. 4 de agosto de 2011 12:07  

Bioshock. Não tem como eu não comentar isso.
Todas as músicas de bioshock são lindas cara mas principalmente a "Welcome to Rapture" é demais. Boa Wesley depois te mostro os áudios que gravei com DVD, orii e paula ta muito legal. Outra coisa ouvir algumas musicas do Bioshock na VGL ao vivo ano passado foi impagável muito foda mesmo!

Rafael Hidan,  4 de agosto de 2011 12:52  

NOSSA!
a trilha do Bioshock é MUITO boa *--*
parabens pela matéria Wesley
e quanto tempo o/

flw