22 novembro 2010

[Sebo do Wes] Distant Worlds: Music from Final Fantasy




Eu acho que o senhor chegou meio cedo, não? 6 da manhã nem é horário comercial. Mas tudo bem, o importante é vossa satisfação. Antes de abrir as portas do sebo, devo me retratar com vocês, pois cometi um erro na matéria passada. O Alexei Barros, da Galeria Hadouken veio costumeiramente nos visitar e apontou um erro no que se refere a quem arranjou o álbum Kingdom Hearts Piano Collections. Na realidade, são dois arranjadores (Sachiko Miyano e Natsumi Kameoka) e não um só (Kaoru Wada) como estava na matéria, e para não descaracterizar a mesma, postei esta errata aqui. Mil perdões pela falha, e aproveite o que o sebo tem de melhor.

Neste mesmo dia, troquei umas palavrinhas com o mesmo Alexei, e ele me recomendou uma musica incrível, vinda de um álbum bastante famoso, mas que eu não havia ouvido. Lá foi o dono deste sebo à procura do tal álbum, até achar o famoso Distant Worlds: Music from Final Fantasy. Como podem notar nos artigos predecessores, eu gosto bastante dos trabalhos musicais envolvendo o compositor Nobuo Uematsu e Final Fantasy, porem eu também aprecio uma boa musica orquestrada, e o álbum uniu formidavelmente estes dois fatores.

Segue a trilha do álbum:


01 - Opening -Bombing Mission

02 - Liberi Fatali

03 - Aerith's Theme

04 - Fisherman's Horizon

05 - Don't Be Afraid

06 - Memoro de la Stono~Distant Worlds

07 - Medley 2002

08 - Theme of Love

09 - Vamo' alla Flamenco

10 - Love Grows

11 - Opera "Maria and Draco"

12 - Swing de Chocobo

13 - One-Winged Angel


A musica em questão que estava na conversa entre mim e Alexei era a incrível “Don’t Be Afraid”, que ao ser orquestrada ficou extremamente magnânima, chega a ser impossível não ficar com medo (sacou a referência?), e alem de ter sido reproduzida fielmente em alguns pontos, as adições na musica não desvalorizam em nada a composição original. Realmente de tremer as pernas.

Outra que me surpreendeu positivamente foi “Opera – Maria and Draco”, versão cantada da original de Final Fantasy VI, “Aria di Mezzo Carattere”. Eu tinha como referencial apenas a versão em japonês da banda do Uematsu, The Black Mages intitulada “Darkness and Starlight”, porem o vocal em inglês me agradou bastante. Para os que jogaram o game, devem ter se lembrado bem destes diálogos na Opera’s House, não é?

Não é de hoje que eu digo que Final Fantasy X é um ótimo titulo da série, e a musica “Swing de Chocobo” deu tremeliques neste humilde vendedor, tamanha a grandeza da musica, mesmo sendo considerada por muitos apenas um tema de Chocobo. Um ótimo tema, diga-se de passagem.


Sou suspeito para falar, afinal o dono deste sebo é um fanático por Final Fantasy. Porem como ultima recomendação indico o “Medley 2002” que compila algumas musicas icônicas dos primeiros Final Fantasy, como a “Main Theme” e “Matoya’s Cave” do FFI e “Rebels Army Theme” e “Chocobo” do FFII. Para os nostálgicos é um prato cheio, logo melhor ouvir todas as faixas, nenhuma faz feio.

Por hoje, encerro as atividades deste sebo, afinal foi muito conteúdo em uma única matéria. Espero não ter feito vocês dormirem, e aguardem terça-feira para outra aquisição seguida de análise no Sebo do Wes. Ah, eu aceito sugestões de análise, e NÃO aceito trombadinhas roubando itens do meu sebo.


E fiquem com "Dont be Afraid", para ver o que eu senti ao ouvir esta musica orquestrada.




Baixar o mp3!

4 comentários:

Alexei Barros 23 de novembro de 2010 01:14  

Normalmente eu comentaria, e me senti ainda mais na obrigação depois de tantas menções à minha pessoa.

Valeu pelo vídeo da “Don’t Be Afraid”, creio que não tinha visto a performance do Distant Worlds ainda. Chamou a atenção aquele instrumento de percussão tocado em 1:21, entre outros momentos. Não faço ideia do nome.

Quando esse álbum saiu em 2007 eu achei a tracklist totalmente manjadona, mas devo reconhecer que a qualidade da gravação em estúdio é suprema, e faz por merecer a excelência dos arranjos do Shiro Hamaguchi, entre outros, preparados originalmente para os concertos 20020220, Tour de Japon e Voices.

Recomendo que você ouça depois a continuação deste disco, o Distant Worlds II: more music from Final Fantasy, que saiu em abril nos EUA e em novembro no Japão, como destacado no último Lika’s Room. Achei a seleção menos batida, e é tocado pela mesma orquestra.

Felipe "Legion" Raabe 23 de novembro de 2010 10:04  

Sempre tento entender como velhinhos que provavelmente chegaram a comprar um telejogo pro seu neto no dia do lançamento são convencidos a fazer parte de uma orquestra que toca músicas de videogame...

Juunin 23 de novembro de 2010 10:25  

Vai ver que prometem um jogo autografado pros netos deles! XD

Brincadeiras a parte, vídeo fantástico... me deixa triste saber que no Brasil só rola orquestra de games com a VGL e só de vez em quando ainda...

Wesley Pires 23 de novembro de 2010 12:31  

@Alexei

Eu que agradeço de novo pela sua passagem pelo sebo. Tome um brindezinho =D.
No ato em que eu comentei lá no Hadouken, eu peguei tanto este quanto o Distant Worlds: More Music from Final Fantasy, e concordo contigo: menos musicas manjadas, porem todas com uma qualidade impecavel. Logo outra analise =3.

@Juunin e Felipe

Eu acho que o motivacional deles é poderem mostrar obras que,de inicio eram pequenos chiptunes, mas que agora viraram versões que cativam todas as faixas etárias. Se eu soubesse tocar alguma coisa decentemente, eu entraria tambem.